liderança no trabalho

Liderança no trabalho: dicas para influenciar e engajar

Gustavo é um cara muito bom no que faz. Entrega um trabalho excepcional, cumpre prazos, acompanha reuniões. Faz relatórios super completos e traz as melhores ideias para as reuniões. Seus supervisores o qualificam positivamente em praticamente todas avaliações periódicas. Com base em seu empenho, interesse e dedicação, mesmo com pouco tempo de empresa, Gustavo é promovido como líder de uma equipe. Parece que irá encarar o desafio da liderança no trabalho.

Aí tudo começa a desandar.

Isso porque Gustavo tem ótimas competências técnicas, mas não sabe influenciar. Está preso ao conceito de que para liderar, é preciso comandar e controlar. Seus colegas não aceitam suas imposições e criou-se um abismo na comunicação entre eles. A equipe está desmotivada e ele não tem a mínima ideia de como reverter a situação.

Gustavo não contava com o fator número um quando se fala em liderança: o conhecimento humano. O patamar de exigência de clientes e compradores aumentou muito. Uma organização só consegue alcançar a excelência através de uma gestão humanizada. Se você não não lida bem com as pessoas, deixará a desejar em sua liderança.

Liderança no trabalho: Pessoas não são máquinas

Pessoas não são máquinas e precisam sentir-se parte da estratégia e tomada de decisão para se engajar. Neste link aqui você pode ter um exemplo do que estou falando.Para liderar é preciso saber inspirar a ação. Criar um clima de confiança e cooperação, onde todos possam se sentir parte. A personalidade de um líder que inspira positivamente é crucial para ter bons resultados. Saiba mais aqui.

E isso só se consegue com inteligência emocional. Quem não a desenvolve, tem dificuldade em se relacionar no dia a dia. Extravasa isso nos bloqueios de comunicação com a equipe. Imagina o quão difícil é colocar o máximo de seu potencial em uma atividade se você tem medo da reação de seu chefe. Complicado né?

Fazer emergir e progredir potencialidades individuais, valorizando ideias e estimulando pessoas a crescerem em todos os aspectos. Cuidar dos propósitos individuais e alinhá-los com o propósito e objetivos maiores da instituição. Dar a certeza e a segurança que as habilidades individuais estão sendo postas em prática para alcançar um bem maior, que beneficiará a todos. Essas são algumas das características dos líderes que influenciam e tornam-se fontes de inspiração para quem anda ao seu lado.

Dicas práticas para liderança no trabalho

Aprenda a ouvir

“Sempre vejo anunciados cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória.” Essa frase do aclamado escritor Rubens Alves mostra o quanto é difícil para a grande maioria das pessoas querer escutar o que o outro tem a dizer. As vezes estamos tão envolvidos nas atividades do dia a dia que entramos em uma espécie de piloto automático. Parece que falta a empatia, tão necessária para ampliar as conexões. Na liderança no trabalho, você precisa escutar todos os pontos de vista. E para isso precisa treinar a escuta. Não escutar para responder e sim para analisar.

Acima de tudo, ouvir com atenção é um exercício, que inicia com a escuta dos próprios sentimentos e pensamentos. Isso irá auxiliar a acalmar o excesso de ideias e dar a clareza necessária para conectar-se com quem lidera. Acima de tudo, a liderança no trabalho precisa ouvir claramente o que sua equipe tem a dizer, mostrando que você os valoriza. Assim, eles você terá reciprocidade quando precisar ser ouvido. Além disso, eles saberão que você tem consideração por suas ideias, propostas e anseios.

Valorize os propósitos individuais – e agregue ao propósito maior

Alinhar expectativas e propósitos individuais as metas e objetivos do grupo é uma construção que leva tempo. Algo que precisa de dedicação permanente de um líder, que deve estar disposto a aproximar-se e ouvir com humildade. Porque ao considerar as visões pessoais poderá fazer surgir uma visão compartilhada. Como consequência, o engajamento será consolidado. Quando pessoas com consciência de sua missão e propósito se juntam, criam uma força poderosa em direção de um objetivo.

Da mesma forma que, ao não estimular que as pessoas comuniquem ou desenvolvam seu propósito, ficará para elas a opção de apenas seguir a visão da empresa. Como resultado, você pode conseguir a concordância, não a participação e engajamentos genuínos.

Invista no Desenvolvimento Pessoal

Para desenvolver pessoas, você precisará ampliar cada vez mais a consciência de si. Entender melhor quais seus comportamentos, sentimentos e investir esforços para superar dificuldades é premissa básica para uma liderança no trabalho efetiva. Reconhecer inseguranças e medos, melhorando o diálogo interno reflete no relacionamento que terá com quem lidera. Um líder inseguro irá boicotar o desenvolvimento de sua equipe o tempo todo. Querer mudar e superar, reconhecendo as próprias dificuldades irá auxiliá-lo a conduzir os processos de mudança de seus liderados com mais empatia e serenidade. Certamente você estará dando um belo exemplo que irá impactar positivamente nas transformações necessárias para cada um deles. 

Seja um transformador de pessoas – valorizando ideias e competências

Transformar pessoas em agentes de aperfeiçoamento contínuo para que promovam essa inovação e cultura do aperfeiçoamento é uma exigência para os líderes atuais. Por isso é preciso trabalhar arduamente em seu próprio desenvolvimento pessoal para saber empoderar pessoas e engajá-las. Dar a elas a autonomia e oportunidade de crescerem e serem reconhecidas em suas melhores capacidades. A imposição e o autoritarismo são fatores que bloqueiam a motivação, já que costumam disparar reações cerebrais de medo e ansiedade. Isso coloca uma pessoa na postura reativa e reduz drasticamente as possibilidades de efetivamente melhorar o seu desempenho.  

Ao contrário disto, ter suas próprias ideias colocadas em prática e valorizadas cria uma sensação de pertencimento que estimula a criatividade e o comprometimento, criando ambientes propícios à inovação e ao crescimento contínuo. Liderar pressupõe elevar a autoestima de quem é liderado, para que venham os bons resultados. Um gestor efetivo sabe influenciar na medida exata, trazendo à tona o que precisa ser mudado sem deixar de elevar a moral das pessoas com que atua. Ele faz perguntas reflexivas que estimulam a vontade de acertar mais e compreender suas necessidades de melhoria, percebendo como isso irá impactar em seus objetivos. 

Construa um ambiente de confiança

A confiança não é imposta. Ela é um fio tênue que une as pessoas e que é fortalecido através da reciprocidade ao longo do percurso. A questão é que, para confiar é preciso lançar-se ao que é novo é incerto. Quando sabemos que podemos confiar em nossos pares, alivia-se a tensão e o cérebro se desarma para as atitudes de medo e resistência. Relaxamos e não ficamos com medo de perder espaço ou que nossas habilidades não sejam reconhecidas.

Assim, atitudes transparentes trazem credibilidade, mas perceba que essa postura só pode ser desenvolvida por quem tem uma boa inteligência emocional. Pela razão que, se o líder é inseguro e tem paradigmas de medo e escassez, vai olhar com desconfiança para a equipe e para as pessoas que o cercam. Vai ter medo de comunicar suas verdadeiras intenções. Não vai conseguir desenvolver pessoas em suas potencialidades, pois pode achar que elas vão roubar de alguma forma seu espaço. Vai ter dificuldade de confiar nas pessoas e vai querer cercear o pensamento e as suas ideias pela necessidade de controle.  

Do mesmo modo que mostrar confiança em sua equipe você estará abrindo a porta para que eles sejam honesto e recíprocos nesse sentimento. Acima de tudo, é preciso que eles acreditam em você, saibam que é alguém confiável e que podem contar. Como resultado você terá uma equipe engajada e fiel aos seus valores. E a sua liderança no trabalho será altamente reconhecida. 

Quer levar a palestra sobre liderança para a sua empresa ou conhecer mais sobre meu trabalho? Acesse aqui e vamos conversar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *